LiveZilla Live Chat Software

Comportamento – Casais

Dúvidas Frequentes – Comportamento na Casa de Swing – Casais

A casa possui profissionais do sexo, disponíveis para interagir?

Não temos profissionais do sexo.

A casa de swing é como uma balada como qualquer outra, porém com ambientes para acontecer algo mais, tudo o que rolar é entre os clientes, obviamente existindo afinidades entre as partes, sem interferência ou indicação da casa. 

 

Será nossa primeira vez em uma casa de swing , temos que a transar com outras pessoas?

Essa é a principal dúvida que vem a cabeça de um casal iniciante no swing, então se está achando que o casal tem muitas dúvidas, medo e alguns tabus a serem quebrados, saibam que o mesmo acontece com outros casais.

É importante saber que uma casa de swing é como uma balada normal, com pista de dança, bar, mesas e tudo mais. O que difere é o algo mais, por exemplo os Shows de striptease, sempre após as 00h. Ou seja vocês podem curtir a noite apenas na Ala Social, sem ter nenhum contato sexual com ninguém.

Caso queiram se aventurar, então poderão fazer um tour pela casa e ver o que acontece nas áreas restritas, também sem a obrigatoriedade de fazer algo mais.

 

A casa possui ambientes onde o sexo acontece?

Sim. A casa possui salas coletivas para quem curte a prática do sexo em grupo, seja o swing, o menage, gang bang ou sexo grupal. Para quem prefere algo mais reservado existem salas e cabines privativas, onde você pode curtir a 2, a 3 ou a 4. Não existem custos adicionais para o uso destas salas.

 

Existe alguma sala onde nós podemos curtir apenas o casal, e sermos observados por outras pessoas, sem que elas tenham acesso.

Sim. Temos vários tipos de cabines, algumas com janelas com treliças onde a pessoa pode apenas observar pelo lado de fora, ainda vocês terão o controle da luz, e uma cortina, caso não queiram mais ser vistos. Outro tipo de cabine bem usada são as de glory hole, na qual tem buracos na parede, nesse tipo de sala vocês podem até ser acariciados através dos buracos, porém com a opção de fechar por dentro, tendo privacidade total.

 

Fomos abordados por outro casal ou por um homem, mas não queremos fazer nada. O que fazer?

Normalmente quem aborda as outras pessoas, já é experiente no swing e sabe como as coisas acontecem. Dessa forma quando vocês fizerem um sinal de negativo, a outra parte irá entender. Caso ocorra uma insistência que chegue até ser um ato inconveniente, vocês podem informar a algum funcionario da casa (segurança).

Se forem abordados com um leve toque, passada de mão, basta tirar a mão da pessoa. Se foi verbalmente, podem dizer as claras, que são novatos e que só estão observando, e que aindam não desejam participar de nada. Simples assim.

 

Somos iniciantes no Swing , quando abordados por outro casal mais experiente, o que é aconselhável fazer.

Existem casais experientes que sabem conduzir um casal inciante, sempre respeitando o limite de cada um, tentando conduzir devagar as coisas, deixando o casal a vontade. Se derem a sorte de conhecer um casal assim seria ótimo, pois será prazeroso e interessante. Caso percebam que a outra parte é experiente, porém do tipo “espertos demais” então vocês podem ir devagar e não topar, sem problemas. 

 

O que seria este “espertos demais” 

Um casal mais experiente no qual o homem, tente aproveitar da situação, interagindo com a esposa do outro casal, enquanto sua esposa, não participa da brincadeira, fica apenas olhando.

 

Somos iniciantes e não sabemos como abordar outro casal para que o swing aconteça?

Não existe regras para isso, isso é muito importante deixar isso bem claro.

Normalmente o que funciona para um casal, para o outro nem sempre é bom, então o bom senso, a observação e a coragem terão que ser utilizadas.

a) Você pode interagir na pista, dançando proximo a um casal que tenha despertado a curiosidade, um olhar, um flerte, uma conversa pode ser o inicio de algo mais.

b) Nos ambientes coletivos, o casal pode ficar observando o que acontece, possivelmente pode ser abordado por outro casal, com uma conversa ou um leve toque. Se achou interessante deixe rolar, participe, retribuam as caricias. Se não achou legal e não teve interesse em que lhe abordou, um simples sinal de negativo já serve.

c) Cabines de toque (glory hole) é uma boa pedida para os casais mais timidos, pois podem ficar a dois em uma sala, e proporcionar ou receber brincadeiras através dos buracos, troca de caricias, sexo oral, passadas de mãos que podem iniciar um algo mais.